ENTRAR

Efetue login com suas credenciais da Criar e Recrear.

Recuperar Senha?

ESQUECEU SUA SENHA

Enviar a Senha por email

ENTRAR

Efetue login com suas credenciais da Criar e Recrear.

Recuperar Senha?

ESQUECEU SUA SENHA

Enviar a Senha por email

Criar Baby

Como funciona a Criar Baby: Berçário e Sensório-motora 

O Criar Baby é um cantinho tranquilo da escola que atende crianças entre 6 meses a 1 ano e 4 meses de idade. A rotina exige atenção especial e a equipe de cuidadoras está sempre atenta quanto aos momentos da alimentação, sono e necessidades fisiológicas. Tudo é anotado em fichas individuais e informado aos pais através do aplicativo da escola.

Na hora do descanso, cada aprendiz tem sua caminha. No quarto, apenas uma música de ninar toca baixinho e embala o sono das crianças num ambiente refrigerado e cheio de paz. A supervisão é feita pela equipe de cuidadoras e através de câmeras de videomonitoramento.

 

A pré-Socialização é outro espaço muito especial da Criar e Recrear, a começar pela localização dentro da própria escola: fica na entrada principal, em frente à sala da diretoria. As janelas de vidro dão vista para um ambiente lúdico, colorido e cheio de brincadeiras, que reúne crianças de 1 ano e 4 meses a 2 anos de idade. Aqui elas vivenciam a pré-socialização e começam a descobrir o mundo na companhia de amiguinhos da mesma idade, que sentem medos semelhantes e juntos aprendem a passar algumas horas do dia longe da companhia dos pais.

 

A pré-socialização é conduzida por uma equipe muito entrosada formada por gestoras, recreadoras e estagiárias. "Durante todo o tempo de atendimento aos aprendizes, das 7 da manhã às 6 da noite, estamos sempre atentas ao cronograma de atividades", disse a recreadora Jéssica Lins, que recebeu a visita da equipe do Site Criar durante essa reportagem.

 

Jéssica explicou que as crianças seguem uma rotina planejada e há horários a serem cumpridos, como o acolhimento na hora da chegada, banho de sol no começo da manhã, brincadeiras no parquinho, lanches e refeições, além da pausa para o sono. "A rotina é muito importante nessa fase e à medida que vamos conhecendo cada criança vamos entendendo suas necessidades", disse ela.

 

E foi nesse espaço lúdico que conhecemos a Taíse Almeida, mãe da Lavínia de 1 ano e 10 meses. Era o primeiro dia da filha no espaço Criar Baby. "Estou meio nervosa e nem consegui dormir direito durante a madrugada pensando em como ia ser essa estreia dela na escola, mas acho que está se saindo bem", disse Taíse. E a Lavínia tinha um bom motivo para descontrair, é que suas primas trigêmeas também dividem o mesmo ambiente e se adaptaram muito bem ao longo do ano. "Decidi matriculá-la porque fiquei sem babá. Além da questão da praticidade eu queria que ela aprendesse a dividir e a saber que nem tudo é dela e pra ela, já que é filha única", avaliou a mãe.

 

A pré-socialização é uma fase muito importante. É quando a criança começa a se separar fisicamente dos pais, principalmente da mãe, e passa a conviver com adultos que ela não conhece e interagir com crianças da mesma idade, com temperamentos diferentes e num ambiente neutro. É uma espécie de quadra onde meninos e meninas começam a obedecer regras coletivas, passam a compartilhar objetos de interesse comum e a respeitar o outro coleguinha. Ao mesmo tempo, as crianças aprendem brincando - e até chorando - porque não é fácil desapegar num universo ainda desconhecido. "Às vezes eles mesmos se consolam quando um chora com saudade da mãe e isso se torna um aprendizado ao longo do tempo. Aos poucos entendem que mãe vai embora mas na horinha combinada elas sempre voltam", disse a recreadora.

E entre uma brincadeira e outra eles participam da roda de música, fazem atividades de coordenação motora, jogos educativos e têm uma rotina dinâmica que ajuda na consolidação do vocabulário melhorando significativamente a fluência. "Eles se sentem à vontade para falar e vão construindo frases cada vez mais coerentes. Quando chegam na Socialização, aos 2 anos, já ultrapassaram a fase da adaptação e estão com um leque de palavras muito maior porque tiraram proveito de estímulos diversos antes do segundo ano de vida", disse a diretora pedagógica da Criar, Gabriela Valente de Lima.

 

E a hora do lanche é um momento de experimentos. Aqui a alimentação natural é ofertada com grande variedade para que os aprendizes testem os sabores. A Lavínia experimentou melancia e até comandou a colher com segurança. A sala de alimentação segue o padrões de higiene e o cardápio é elaborado pela equipe de nutrição da escola. Cada aprendiz tem os seus próprios utensílios, como copos, talheres e mamadeiras.

 

Bebês a partir dos seis meses já podem ingressar na turminha Sensório Motora. Nessa turma, o objetivo é educar e cuidar da criança até os 2 anos de idade, priorizando a brincadeira espontânea e interativa, a atenção individual, a proteção e o afeto, em um ambiente aconchegante, seguro e estimulante. Venha conhecer nossa estrutura e metodologia.

 

keyboard_arrow_up